sábado, 11 de agosto de 2012

Fernando Pessoa



Meu Mestre, meu coração não aprendeu a tua serenidade.
Meu coração não aprendeu nada.
Meu coração não é nada.
Meu coração está perdido.
(Ricardo Reis)

Nenhum comentário:

Postar um comentário