domingo, 12 de abril de 2009

Livre Pensar Sobre Gatos 2

Novos Pensamentos e Fotografias Sobre as Gatas que distraem minha Tarde.




“Milhares de anos atrás os gatos eram adorados como deuses; e até hoje eles não esqueceram isto.” – Anônimo


“Existem muitas espécies inteligentes no mundo. E todos eles são possuídos por gatos.” – Anônimo


“Existem duas maneiras de nos refugiarmos das misérias da vida: música e gatos.” - Albert Schweizer


“O tempo que passamos com os gatos nunca é desperdiçado.” – Colette


“O ideal da tranqüilidade é um gato sentado.” – Jules Reynard


“Duas coisas são esteticamente perfeitas no mundo: relógios e gatos.” – Emile Auguste Chartier


“Já encontrei muitos pensadores e muitos gatos. Mas a sabedoria dos gatos é infinitamente superior.” – Hippolyte Taine


“Quando você vê seu gato absorto em meditação, olhando atentamente algo que você não enxerga, pode ter certeza de que ele está viajando no universo.” – Bonni Elisabeth


“Um cão, sempre tenho dito, é prosa; um gato é poesia.” – Jean Burden


“Gatos são criaturas gloriosas – que não podem, de modo algum ser subestimadas. Seus olhos são profundezas inexpugnáveis dos mistérios felinos.” – Lesley Ann Ivory


“Ninguém pode ser dono de um gato, mas eles podem abençoá-los com sua companhia, se quiserem.” – Frank Engram


“Gatos podem honrar a si mesmos com a capacidade de não fazer nada.” – John R. Breen


“Respeitar o gato é o começo do senso estético.” – Erasmus Darwin

Livre Pensar Sobre Gatos

Quando Zazá se foi, pelas artimanhas do boxer Lex Luthor, amigos enviaram versos para mim. Divido-os com todos, e a elegância superior de minhas gatas, Wynona e Frida. Ter a companhia de felinos torna as pessoas mais observadoras, pacientes e reflexivas sobre a sabedoria.






“Não existem gatos comuns.” – Collete



“O menor entre todos os gatos é uma obra-prima.” – Leonardo da Vinci



“Não há nada mais divertido que um gato jovem, nem mais sério que um gato idoso.” - Thomas Fuller



“Quem pode acreditar que não há uma alma atrás daqueles olhos luminosos?” – Theophile Gauthier



“Gatos sabem como obter comida sem trabalho, abrigo sem confinamento e amor sem castigos.” – W. L. George



“Como qualquer um que já passou muito tempo com os gatos já sabem, os gatos têm enorme paciência com as limitações da mente humana.” – Cleveland Amory



“Gatos amam mais as pessoas do que elas permitiriam. Mas eles têm sabedoria suficiente para manter isso em segredo.” – Mary Wilkins



“Mesmo quando gordos, os gatos conhecem instintivamente uma regra importante: quando estiver gordo, saiba se colocar em poses elegantes.” – John Weiz



“Um gato sempre chega quando você o chama. A não ser que ele tenha algo de mais importante para fazer.” – Bill Adler

Um trecho de Merceditas

Ouvimos 'Merceditas' no Rio Grande do Sul desde sempre, apesar de ser um 'chamamé' de origem portenha. Dentre tantas canções, Renato Borghetti a interpreta de forma magnífica com sua gaita ponto. Os dias de outono em Florianópolis combinam com os sons do acordeon...

'E como o vento errante nas coxilhas vai soprando

Um eco vago do meu canto

Vai lembrando aquele amor

Mas apesar do tempo já passado,

és Mercedita

A lembrança que palpita

Em minha triste canção.'

Uma Canção Melancólica sobre Separações


Ano passado fotografei um dos meus ícones tocando 'Merceditas': Renato Borghetti. Fotografei também seu rosto, pessoa bonita, acessível. Só vos posso dar a foto e a letra que sequer ouvi, mas são aqueles momentos raros. Não somente os idólatras, mas o público em geral sabia: foi uma forma diversa de sentir poesia.
Ramon Sixto Rios
Merceditas
Que dulce encanto tienen tus recuerdos Merceditas

Aromada, florecita amor mio de una vez

La coneci en el campo allá muy lejos una tarde

Donde crecen los trigales província de Santa Fé

(Y así nacío nuestro querer com ilusión, com mucha fé

Pero no sé porque la flor se marchitó y morriendo fué

Y amandola con loco amor así llegué a comprender

Lo que es querer, lo que es sufrir porque le di mi corazón)

Como una queja errante en la campiña vá flotando

El eco vago de mi canto recordando aquel adiós

Pero apesar del tiempo transcurrido es mercedita

La leyenda que hoy palpita en mi nostalgica canción.

O Campeche do Outono









As Luas são maiores, é sabido, pois nascem sobre a Ilha do Campeche, minha Ilha à frente da Ilha de Santa Catarina. A cheia desta semana trouxe marés e ressacas, e um feriado ensolarado com um Sul soprando discreto e deixando as águas mornas para os banhos, apesar dos repuxos terríveis, carrossel até na espuminha...





As ondas entravam de esquerda, e os surfistas e as surf-girls de todos os lados.





Belas paisagens no Campeche, que nos ensinam a acordar mais cedo e perceber, apenas perceber.