domingo, 30 de maio de 2010

"O Tao que pode ser dito não é o Tao Verdadeiro"


O título do post é o primeiro princípio de um livro de filosofia escrito por volta do ano 600 a.c. , o Tao Te Ching. Tao quer dizer caminho.
Pensava algo semelhante quando as primeiras fotografias começaram a ser feitas, por mim e pelos outros, antes mesmo do sol nascer, mas após o ciclone. O ensinamento, ali, não eram as fotografias, seu resultado. Era o caminho trilhado e as histórias que estavam por vir. Isto, película nenhuma e nenhum eletrodiodo seria capaz de registrar ou decodificar.
Desta forma penso: a foto que aqui vejo é apenas instante, mas sei que ao fazê-la, ela é fruto de processo, nós não somos o que parecemos, somos e estamos em processo.
A fotografia que ilustra estas divagações de um domingo nublado foi feita por Milena, minha querida monitora para a Oficina Retratos da Pesca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário