sexta-feira, 24 de julho de 2009

De Minhas Nobres Origens


Pois pasmem, sou uma rica herdeira.
Meus avós e bisavós, bem conhecidos, todos caetés e caiçaras. Os paternos. Os maternos, povo colono, os Schmitz, vieram da Alemanha.
Pois meu tataravô, Joaquim José Teixeira, que era soldado de Pedro II - ao qual aludi no texto anterior, ao terminar o serviço junto à Guarda Imperial, foi presenteado pelo próprio - ou pela sua pena, com uma vasta extensão de terras. Terras que foram nomeadas como 'Arroio dos Teixeiras', posto que havia lá um arroio, que para o resto do Brasil chama-se córrego. Indo desaguar no mar, deu origem ao que hoje é uma praia, um balneário, já próximo de Torres, chamado Arroio Teixeira. Tudo meu.
Ah, faltou um fato: perdeu-se o registro não se sabe como, depois as terras foram invadidas, mas atualmente há um movimento por parte dos herdeiros, de retomada. Agora, é uma praia linda (se é que as podemos dizer, no RS...), habitada, e será reintegrada a razoavelmente nobre linhagem dos Teixeira.
Acho que minha parte é de alguns Adelomelons, dos quais já tomei posse...
Na foto, dançando com meu pai, no Aranhal...

Nenhum comentário:

Postar um comentário